16 de novembro de 2013

Minha Timelime Capilar!

Olá, pessoal!

O povo pediu, demorou, demorou, mas finalmente saiu! Sim, no post de hoje vocês vão poder finalmente matar a curiosidade e ver alguns dos vários cabelos coloridos que já tive durante essa minha vida!

Infelizmente, infelizmente MESMO, eu perdi muitas fotos de cabelos há alguns anos quando um computador meu pifou e perdi tudo que estava na HD, então alguns cabelos eu só tenho registros em fotos bem ruins, outros eu nem tenho mais registros. *todoschoramuito*

Mas basicamente foram essas as cores de cabelos que já tive. Vamos começar? =]

A Timeline Capilar da Chibi!

Não vou dizer que essa foi minha primeira experiência com cores fantasia, porque em 2003 eu testei uma tinta verde da Tec Itely que achei muito aleatóriamente numa loja de cosméticos, e que não durou duas lavagens no meu cabelo, mas...

Essa foto é de 2005, foi a primeira vez que descolori uma boa parte do cabelo e tingi com Anilina Azul. A Anilina Azul que vendia nessa época era muito complicada porque ela não diluía direito, então logo ficava super verde, era uma canseira! Eu tingi só a parte de dentro do cabelo, nessa foto eu fiz as trancinhas com o cabelo virgem pra poder mostrar melhor a parte de dentro que estava tingida.


Infelizmente só tenho esse registro desse cabelo, e a foto está péssima porque nem camera digital eu tinha na época, imaginem! O cabelo estava beeem mais maneiro ao vivo...e olha só o comprimento! T.T

Ainda em 2005 eu resolvi descolorir o cabelo todo e tive minha primeira experiência com tinta fantasia. Escolhi a cor Cherry Bomb, da marca Special Effects. O único site que vendia essa tinta na época era um chamado GarmentDistrict, que hoje em dia nem sei se existe mais. Só sei que comprei desse site por um booom tempo!


Sim, essa cor é BEM neon! Me apaixonei demais por esse cabelo, fiquei com ele dessa cor até o final de 2006.

Na foto abaixo é ele mais desbotado, ele costumava desbotar pra um vermelho claro levemente rosado. É daquelas cores que desbota em tons bonitos, sabe? Dava pra ficar uns 2 meses sem retocar, só se divertindo com as tonalidades diferentes.


Outra coisa legal da Cherry Bomb, é que ela não fica feia mesmo com raíz pretona. Mais um dos motivos pelo qual essa cor vale muito a pena! E na foto abaixo vocês podem ver pela primeira vez as ondas naturais do meu cabelo. =]


No finalzinho de 2006 eu comecei a usar a tinta Atomic Pink, da Special Effects. Não descolori a Cherry Bomb, simplesmente deixei ela desbotar bastante e fui aplicando a Atomic Pink por cima.


Aos poucos ela foi ficando cada vez mais rosa.


Até ficar no tom mais característico da Atomic Pink, isso depois de uns bons meses. Eu fiquei com essa cor por quase 1 ano também, porque assim como a Cherry ela não necessita de uma descoloração tão claríssima, não fica feia com raíz e demora muito pra desbotar e ficar estranho a ponto de precisar retocar.


Cheguei a fazer uma mechinha roxa, provavelmente foi com anilina violeta.


No final de 2007 eu resolvi deixar o cabelo rosa clarinho. Na época eu lembro que tive que fazer 6 descolorações pra conseguir tirar Cherry e Atomic do cabelo. Meu cabelo ficou bem fragilizado e hoje em dia eu não recomendaria isso de jeito nenhum! Mas na época não tinhamos acesso tão facilitado a produtos de qualidade, nem tantas dicas na internet como é hoje, então era comum ir fazer mutações capilares munido apenas de valentia, muita valentia! haha


O rosa claro era uma cor chatinha de manter. Particularmente acho bem feio cabelo em tom pastel ou platinado com aquela baita raíz preta aparecendo, porém eu não tenho paciência pra ficar fazendo raíz todo mês. Além de que tinha que retocar o rosa frequentemente pois com as lavagens ele ia ficando cada vez mais salmão. Hoje em dia eu teria misturado um pouco de tinta roxa no rosa claro, que com certeza demoraria muito mais pra alaranjar. Fikdik ;)

olha como meu cabelo perdeu volume depois das 6 descolorações! T.T

Depois que pintei de rosa claro, também tive que começar a descolorir meu cabelo duas vezes no retoque de raíz pra conseguir a base certa. O cabelo tem que estar platinado pro rosa claro pegar do jeito que a gente espera, e meu cabelo com uma descoloração só geralmente fica aquele amarelo gema de ovo. Ou seja, maaais trabalho!

E na foto abaixo vocês podem conferir um penteado engraçado e vários erros de descoloração lá na raíz! xD


Fiquei uns 6 meses com o rosa até que enjoei, em Maio de 2008 fiz uma mistura de Blue Mayhem da Special Effects diluída em creme branco, bem clarinho, e o resultado foi esse aqui:


O azul anulou o salmão do rosa, cobrindo super bem a cor anterior sem precisar de descoloração, ainda que a cor tenha ficado bem irregular. Entretanto eu curti o resultado e deixei a cor ir desbotando pra ver qual seria a próxima surpresa.

E eis que meu cabelo foi acinzentando, acinzentando...


Até que ele começou a ficar LOIRO! D=


Isso foi na viradinha entre 2008/2009, na época eu estava procurando emprego, então resolvi manter o loiro por um tempo.


Lógicamente que eu me estranhei demais sem cor nenhuma, então resolvi brincar fazendo algumas mechas.

Na foto abaixo o azul é a Blue Mayhem da Special Effects.



Nessa abaixo as mechas foram pintadas com Violeta Genciana.


E aqui eu usei Atomic Pink da Special Effects diluída em creme, pra ficar esse tom um pouco mais claro do que a Atomic pura.


Do final de 2008 até Junho de 2009 eu passei basicamente com o cabelo loiro e fazendo mechas. Não tenho fotos de todas as combinações que fiz, infelizmente.

Na foto abaixo eu usei a tinta Rubine, da Directions. Como a base certa pra Rubine é um cabelo num loiro beeem mais escuro que o meu, ela acabou desbotando pra esse rosinha bacana aí.


Em Junho de 2009 resolvi voltar as origens, voltar pro vermelhão. Porém tive que escurecer um pouco o loiro, ou então qualquer vermelho que eu usasse ia desbotar para rosa bem rápido!

Foto horrenda, mas só pra vocês terem uma ideia. Eu usei Henna Surya pra esse loiro.

camiseta de descoloração hauuhauhauha

E com a base mais bacana pro vermelho, usei a Vampire Red da Manic Panic.


A cor da Vampire Red recém aplicada é linda demais! Mas o que me chateou com essa tinta foi que ela desbotou rápido demais, pra um tom MUITO rosa, mesmo com a mudança do loiro. Pra quem já viveu feliz com Cherry Bomb, acabou que deixei a Vampire de lado...

...e resolvi ir de Blood Red, da Special Effects!


Fiquei com essa cor de Julho de 2009 até Junho de 2010. Blood Red é fantástica, mais uma cor aprovadíssima! (a Special Effects é show demais para vermelhos e rosas!)

Depois do longo período vermelho, resolvi pintar de laranja pela primeira vez. A cor usada foi a Coral Red, da Directions.


A princípio a cor ficou bem mais neon que na foto acima, o que não gostei nadinha. Mas aos poucos foi desbotando pra um laranja mais razoável.


Infelizmente não me curti de laranja. Sei lá, não é minha cor. Me diverti bem mais quando o cabelo começou a desbotar e ficar cada vez mais amarelo. Aí tonalizei com anilina amarela e o resultado foi esse:


Eu gostei do cabelo amarelo mais do que vocês imaginam! O único, único problema do amarelo, é que eu perdi mais da metade do meu guarda-roupa por causa dele, porque as únicas cores que ele combinou foram o Preto, o Branco e o Rosa. Qualquer outra cor de roupa que eu usasse ficava MUITO estranho, destoava demais!

Ainda assim eu brinquei com essas cores por mais um tempo.


As mechas rosas são apliques.


Brincando com maaaais apliques!


Até que finalmente decidi começar minha vida Azul, em Outubro de 2010. Resolvi começar nos azuis escuros, e fui de Atlantic Blue da Exotic (eu apliquei ela em cima daquele amarelo,  só na segunda aplicação a cor pegou escuro e uniforme).

Esse tom de azul, mais puxado pra azul petróleo do que pra aquele azul meio roxo, é tudo de bom! Melhor ainda que eu não precisava de base loiro claríssimo pra essa cor, então só 1 descoloração já era suficiente. =]


Eu fiquei com essa cor até Março de 2012. A durabilidade era bacana, e também não ficava estranho mesmo com raíz.


Nesse período azul escuro cheguei a testar também a Night Sky da Candy Color, que é um daqueles azuis mais puxados pra roxo:


Preferi o tom de azul da Atlantic, mas realmente não tenho do que reclamar da Night Sky, pois é o tipo de tinta que cobre o que vier e tem ótima duração, sempre recomendo pro pessoal!

Em Março de 2012 fiz duas neutralizações (aquela que explico aqui no Blog) para tirar o Azul Escuro e passar uma mistura de Lagoon Blue e Turquoise, ambas da Directions. A princípio a cor ficou bem mais escura do que a foto abaixo, mas a medida que foi desbotando eu gostei bastante.


 Na foto abaixo eu usei apenas a Turquoise da Directions. Sempre misturo com um pouco de anilina verde, pra ficar no tom certinho que gosto.


Cheguei a fazer algumas mechas rosas no turquesa, mas mantive-as por no máximo 1 mês, já que logo ficavam violetas e eu que sou super perfeccionista com cor, já começava a ficar neurótica! haha

Foram 4 aplicações de Dekap Color pra deixar o Turquesa loiro e poder passar o rosa (anilina rosa). Por isso que sempre falo pra vocês usarem o Dekap Color pra tirar cor ao invés de Soap Cap ou Descoloração. Precisa aplicar uma quantidade considerável de vezes, porém não danifica o cabelo, o que já faz valer mais a pena do que outros métodos.



Fiquei com cabelo longo Turquesa até Julho de 2013, que foi quando cortei o cabelo pela primeira vez na vida! hehe

Testei a Pine Green da Crazy Color, que ao contrário das fotos de referência, ficou mais verde do que eu queria que ficasse! Ela é aquela típica cor que sai "Teal" na maioria das fotos, mas ao vivo é só um verde escuro.  Só. =(


 Pior que não me identifiquei com essa cor, ainda mais com o cabelo curto que já era algo novo pra mim.

Usei então a Peacock Blue, da Crazy Color.


A duração dessa cor é absurda! Eu querendo que ela desbotasse logo pra voltar a passar Turquoise, e nada dela desbotar! haha
Apliquei Dekap Color duas vezes e consegui esse tom fofíssimo abaixo:


Depois passei minha Turquoise novamente, e estou assim até o presente momento, Novembro de 2013:

É, não tinha foto melhor pra colocar. hehe

Como puderam ver, apesar de eu pintar meu cabelo em cores fantasia direto desde 2005, eu não sou do tipo que muda a cor do cabelo com frequência. Geralmente fico 6 meses, 1 ano com a mesma cor, o que acho bacana porque marca bem cada fase da minha vida, sabe? (tipo aquele filme "Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças" mesmo!)

Agora estou aqui no Turquesa, faltando 3 meses pra completar 2 anos. Me identifiquei com essa cor de um jeito que não tenho coragem de mudar de cor, me sinto 100% eu com ela! <3

Espero que tenham gostado do post, e até a próxima! o/