24 de fevereiro de 2015

Cronograma Capilar Errado: Produtos/Tratamentos Ineficazes

Hey, pessoas!

Dando continuidade a série "Cronograma Capilar Errado", hoje vou falar sobre a má escolha de produtos e tratamentos, o que pode acabar fazendo com que o seu Cronograma pareça não estar funcionando como deveria. Vamos resolver esse problema? ;)


Vejo com muita frequência no nosso grupo ChibiRoom no Facebook, depoimentos do tipo "Faço Cronograma certinho, tenho produtos pra todas as etapas, mas meu cabelo parece que não melhora!". Quando pergunto pra pessoa os produtos que ela tem usado para tratar desses danos, não há surpresa: Produtos ou tratamentos relativamente fracos para os danos críticos que o cabelo da pessoa vem apresentando.

Eu não sou aquele tipo de pessoa que acha que só produtos caros funcionam. Existe SIM como manter o cabelo legal só com produtos mais acessíveis, e tratamentos caseiros também podem ajudar bastante na recuperação dos cabelos. Todavia, quanto mais você danificar seu cabelo, menos ele vai tender a responder a tratamentos mais "suaves" como esses, digamos assim.

Um exemplo, para que fique mais fácil vocês visualizarem a situação: A pessoa descoloriu o cabelo e jogou uma tinta vermelha. Aí passou um tempo e ela resolveu que queria um Turquesa, que é uma cor que exige uma base de descoloração bem mais clara que a base que costumamos usar para os vermelhos. Então a pessoa precisa tirar o vermelho, joga no cabelo shampoo anti resíduos sem parar, faz Soap Caps, joga descoloração atrás de descoloração, e finalmente consegue a base, porém com o cabelo fino, quebradiço, completamente frágil. Bem, nesse caso, dificilmente produtos baratinhos e tratamentos caseiros vão surtir os resultados milagrosos esperados, porque esse cabelo passou por tantos procedimentos agressivos, está tão a beira de uma quebra geral, que só produtos mais concentrados, mais potentes, vão ser capazes de resolver (aliás, dependendo do caso é "perda total" mesmo, nem o produto mais caro vai resolver! Por isso sempre bato naquela tecla de que o melhor é não ter pressa e se informar bastante antes de fazer procedimentos capilares, para que não caia nesse tipo de situação que só tesoura vai resolver).

Se o seu cabelo está super frágil quando molhado, quebrando fácil, e você está fazendo receita caseira com Glicopan, Gelatina Incolor, Neutralizante, usando ampolinhas baratinhas com componentes de Reconstrução no seu Yamasterol, queratinas liquidas baratas tipo a da Niely, e seu cabelo não está respondendo a esses tratamentos, continua frágil, o problema não é o Cronograma Capilar, o problema é que os danos que o seu cabelo apresenta necessitam de produtos mais concentrados e potentes para que seja resolvido.


Observações:

- Quanto maior a qualidade da matéria prima e concentração usada nos produtos, maior será o preço dele. Ainda assim, um produto de qualidade não precisa ser exageradamente caro.
- Não vá atrás do mais caro achando que está comprando o melhor. Existem muitos produtos "xexelentos" que tem preços altos só por causa da marca. Não caia nessa!
- Pesquisar bem qual o produto ideal para o tipo de dano que seu cabelo apresenta é o melhor que você pode fazer na hora de gastar um pouco mais por seu cabelinho, pois assim é mais fácil investir seu dinheiro em algo que realmente trará o resultado esperado.
- Progressiva não é tratamento.
- Não adianta comprar máscaras um pouco mais caras, e continuar fazendo chapinha, pois vai jogar o dinheiro da máscara no lixo. 

Se o seu cabelo não está respondendo ao Cronograma Capilar, mesmo com ele todo distribuído certinho e seguido a risca, então certamente está na hora de trocar seus produtos/tratamentos por opções mais potentes. Lembrando que quando falo "máscaras mais caras", não me refiro a produtos exageradamente caros, me refiro apenas a produtos um pouco mais caros do que os que está usando, como o RMC Azul da Amend, que custa cerca de R$50.00 - A Queratina Liquida da Bioextratus, que custa R$25.00, ou um Shampoo Sem Sulfato como o Color Freeze ou Color Save da Schwarzkopf, que ficam entre R$45/R$55.

Sei que dinheiro não dá em árvore, mas olha, pra quem está com danos críticos e não está conseguindo recuperar, vale a pena guardar uma graninha pra comprar algo um pouco mais potente! Teu cabelo agradece. ;)

Até a próxima! o/

17 de janeiro de 2015

ChibiRoom: Guia Capilar - 4. Pós Descoloração (Dicas!)

Hey, pessoas!

 Havia gravado esse video há um tempinho, mas só agora tive tempo de editar e postar! Continuação do tema "Descoloração", no Guia Capilar:



Espero que tentem fazer dessa forma que explico no video ao menos uma vez, que as chances de você gostar e começar a implementar no teu hábito pós descoloração são muito altas, viu? =]

Até a próxima, amiguinhos! o/

11 de janeiro de 2015

Cronograma Capilar Errado: O Excesso de Etapas

Hey, pessoas!

Hoje vou dar início a uma série de postagens que intitulei de "Cronograma Capilar Errado"!
Nessas postagens a Chibi explicará os mais prováveis motivos pelo qual seu Cronograma Capilar não funciona, ou o porque de você não estar conseguindo recuperar certo dano dos seus fios mesmo achando que está fazendo tudo certinho.

Para começar o assunto, escolhi um tema que foi sugerido por um participante do grupo ChibiRoom: Os Riscos do Excesso de Etapas !


Excesso de Etapas no Cronograma Capilar e seus Efeitos Adversos na Recuperação dos Cabelos


Muitas vezes o excesso de uma etapa significa a deficiência de outra etapa, e esse é o principal motivo pelo qual o excesso pode levar a ineficiência do seu Cronograma, fazendo com que o cabelo adquira danos relativos a necessidade de outra etapa que não está sendo suprida pela sua falta ou excesso de uma só.

Lembrando que aqui, quando falamos de Hidratação, Nutrição e Reconstrução, estamos falando da forma como categorizamos os ingredientes e os separamos por etapas de forma a suprir necessidades específicas do cabelo, o qual chamamos de Cronograma Capilar. No Cronograma Capilar, nos referimos a reposição hídrica (água-brilho-suavidade) como Hidratação, a reposição lipídica (óleo/gordura-proteção das cutículas-maleabilidade) como Nutrição, e a reposição protéica (massa do cabelo, força, resistência) como Reconstrução. Não sabe o que é Cronograma? Clique aqui e aprenda!

É válido lembrar também que minhas observações são com base em cabelos que passam/já passaram por descoloração ou que recebem/ou receberam com frequência a utilização de chapinha/secador de cabelo.


Efeito Adverso: Excesso de Hidratação


O excesso de Hidratação num cabelo como descrito acima pode fazer com que você deixe o seu cabelo por muito tempo sem a reposição de ingredientes referentes a etapas de força e maleabilidade, fazendo com que o cabelo comece a ficar fraco, fino, poroso, quebradiço, com frizz.

Isso acontece porque o cabelo, quando passa por descoloração ou chapinha, perde um pouco de suas cutículas, e por essas frestas no fio nós perdemos a água e a massa que dão sustentação aos fios bem aos poucos, querendo ou não. É válido salientar que "aos poucos" vai variar da qualidade de seu descolorante/descoloração - Se usar um descolorante de qualidade ruim ou fizer uma descoloração de forma errada, você pode perder tudo que está no seu fio imediatamente e ter um corte químico (seu cabelo vai sair na sua mão), ou então, caso não tenha um corte químico imediato, você pode acabar perdendo a massa que restou no seu cabelo muito rapidamente com as lavagens, fazendo com que os fios comecem a quebrar muito facilmente quando molhados. Para quem é novato no mundo das descolorações, ou sente que tem pouco conhecimento, recomendo dar uma olhada nesse video clicando aqui.


Efeito Adverso: Excesso de Nutrição


O excesso de Nutrição pode deixar o cabelo com aspecto opaco devido ao excesso de óleo acumular resíduos/sujeiras que não vão deixar o fio refletir a luz adequadamente. Para que o fio possa refletir aquela luz que deixa os cabelos brilhantes e bonitos, ele precisa estar com a superfície bem lisa e limpa de impurezas. O excesso de Nutrição pode também deixar os cabelos com aspecto pesado e sem movimento, pois o fio terá excesso de óleo na superfície das cutículas, que vai gerar peso e atrapalhar o movimento/caimento natural dos cabelos.
Além disso, o excesso de Nutrição também cai no mesmo erro do excesso de Hidratação: o cabelo pode começar a ficar fraco pela falta de massa no córtex, essa que é obtida pelo cabelo apenas por proteínas/aminoácidos, o que fica por conta da etapa de Reconstrução. O cabelo pode começar a ficar muito frágil quando molhado.


Efeito Adverso: Excesso de Reconstrução


O excesso de Reconstrução acontece quando você já fez Reconstruções suficientes pra fortificar os fios, mas mesmo assim continua a fazer apenas Reconstruções ou muito pouco das outras etapas. A Reconstrução seguida de Reconstrução só deve ser feita para cabelos que estão muito frágeis/com problemas de elasticidade/quebrando fácil quando molhados. Nesse caso, eu recomendo fazer Reconstrução seguida de Reconstrução até sentir que o cabelo já melhorou uns 85%. Aí então você pode retomar a prática do Cronograma normalmente, fazendo todas as etapas. Caso continue fazendo Reconstrução mesmo depois do cabelo já ter recuperado a força, pode ocorrer excesso, o que deixará o cabelo com aspecto duro, esticado, sem movimento, e pode levar a quebra devido a falta de emoliência dos fios (falta de N).

Vale lembrar que é normal o cabelo ficar com aspecto levemente mais rígido após termos feito uma Reconstrução. Você só deve se preocupar com excesso caso o cabelo não volte ao normal depois da próxima lavagem.

Aproveito o tema pra esclarecer uma dúvida muito frequente nos grupos capilares:

"Qual etapa começar quando o cabelo estiver com problemas referentes a todas as etapas?"

- Se o seu cabelo estiver poroso, ressecado, com pontas duplas, com frizz, sem brilho, você pode fazer o Cronograma normalmente, com todas as etapas.

- Se o seu cabelo estiver poroso, ressecado, com pontas duplas, com frizz, sem brilho, mas também estiver muito frágil quando molhado, eu recomendo parar todas as etapas e focar apenas em Reconstrução até o cabelo recuperar ao menos cerca de 85% da força.  

"Mas quanto é 85%?": 85% é quando seu cabelo pode não estar 100% forte e perfeito nesse quesito, mas com certeza a fragilidade que a gente sente quando ele está num estado crítico já não é mais presente, você sente que a força do cabelo já está realmente muito próxima do normal/esperado, você já não se preocupa tanto.

"Mas se o cabelo está com vários tipos de danos irritantes, porque eu vou começar tratando dos danos específicos referentes a Reconstrução e não as outras etapas?"

Porque de todos esses danos citados, o único que pode fazer você realmente perder cabelo é a falta de massa, que leva a quebra, e esse cabelo que você perdeu com quebra não tem solução, não tem como colar de volta, pode deixar falhas no comprimento do cabelo que só serão resolvidas com tesoura, a única saída pra ter o cabelo de volta é esperar crescer. De que adianta fazer H e N pra resolver frizz, ressecado, e no final esse cabelo todo cair? Por isso comece pelo dano mais perigoso, que é o dano que lhe pode fazer perder cabelo, esse que é reparado na etapa de Reconstrução.

Como Remediar os Danos Causados por Excesso de Etapas do Cronograma Capilar


Eu preparei uma tabelinha pra que vocês tenham fácil acesso as soluções, mas vou explicar mais detalhadamente logo abaixo.


Como Remediar - Excesso de Hidratação: Se os seus fios não estiverem fracos quando molhados, mas estiverem com muito frizz, muito "leves", ou armados, você deve encaixar mais etapas de Nutrição no seu Cronograma, e pode começar a fazer com mais frequência as Umectações com óleos 100% naturais, afim de manter as cutículas lubrificadas, o que vai gerar um peso mais natural aos fios, reduzindo peso e volume.
Se os seus fios estiverem fracos quando molhados, pare todas as etapas e faça somente Reconstrução até que os fios estejam mais fortes novamente, depois retorne o Cronograma, montando-o com presença de mais etapas de R (sem exagerar).

Como Remediar - Excesso de Nutrição: Se os seus fios não estiverem fracos quando molhados, lavar bem os cabelos com shampoo até certificar-se de que o cabelo está livre do excesso de oleosidade. O shampoo pode ser aplicado mais de uma vez, se necessário. Geralmente o excesso de Nutrição vem através de excesso de Umectação, portanto a dica é dar um tempo nas Umectações até o cabelo recuperar a oleosidade normal. Quando isso acontecer, volte a fazer Umectações, entretanto lembre-se de dar um intervalo maior entre elas para não cair no mesmo problema.
Se os seus fios estiverem fracos quando molhados, pare todas as etapas e faça somente Reconstrução até que os fios estejam mais fortes novamente, depois retorne o Cronograma, montando-o com presença de mais etapas de R (sem exagerar).

Como Remediar - Excesso de Reconstrução: Se os fios estão quebrando quando secos e com resistência normal quando molhados, seu cabelo pode estar com excesso de Reconstrução. Geralmente os fios apresentam também bastante rigidez quando nesse estado. A solução fácil é começar a fazer Umectações com óleos 100% naturais e intercalar com as etapas de H e N. A quantidade de Umectações que deverão ser feitas vai variar do quão em excesso está o cabelo. Por exemplo, quem tem o cabelo com progressiva de formol+queratina pode fazer Umectação com bastante frequência pra retomar o movimento dos fios, sem ter medo de um excesso de Nutrição/Umectação (lembrando sempre de lavar muito bem o cabelo depois, claro!)
Se o seu cabelo não tem progressiva ou qualquer outro método que deixe os cabelos mais lisos, geralmente em duas Umectações no máximo você já está sem o problema de excesso. O óleo terá a função de amolecer a massa em excesso, tirando a rigidez dos fios.
Quando o cabelo estiver recuperado do excesso, retorne o Cronograma retirando algumas das etapas de R (que estavam causando excesso) e substituindo por mais das outras etapas.


Bem, espero que com esse post tenha ficado claro de que não adianta abusar de uma etapa esperando que ela vá resolver todos os problemas, porque certamente o cabelo começará a sentir falta das outras etapas e isso irá gerar outros tipos de dano (é por isso que muita gente acha que Umectação pode causar corte químico, quando na verdade a culpa não foi realmente do óleo, mas sim da falta de massa do fio, falta de R no Cronograma!). Reconstrução é uma etapa essencial para quem passa por descoloração, ela nunca deve ser esquecida pois o cabelo que foi descolorido perde massa constantemente - lentamente ou rapidamente - mas perde, e só a Reconstrução vai conseguir "tapar os buracos". Em compensação, a Reconstrução não trabalha sozinha e pode gerar problemas se em excesso, já que um cabelo descolorido tratado não precisa só de massa. O fio precisa também da lubrificação protetora das cutículas, aquela que só uma boa N/U vai conseguir fazer e que vai ajudar seu cabelo quando estiver áspero, prevenindo pontas duplas. O cabelo também precisa de maciez e suavidade pra estar saudável e gostoso ao toque, e isso é a sua etapa de H que vai trazer.

Portanto, façam o Cronograma completo, e não deixem de monta-lo de acordo com as necessidades de seu cabelo! ;)

Até a próxima! o/